voltar
Incidência política e apoio sociojurídico

O canal online "De Olho no Corona!", um desdobramento do projeto "Maré de Direitos", está fazendo o atendimento diário online de moradores das 16 favelas da Maré, com o objetivo de oferecer uma escuta qualificada e prestar orientações para as demandas da população.

 

São duas linhas prioritárias de apoio, a sociojurídica, que orienta a população sobre acesso a serviços de saúde, violações e como acessar direitos neste momento, como o auxílio emergencial, e a da saúde, que monitora os casos de Coronavírus na Maré e busca apoiar os serviços de saúde no território. O contato é feito por e-mail e a recepção conduzida, por WhatsApp, por advogadas, psicólogas e assistentes sociais. Os moradores devem enviar nome, telefone e a situação através do e-mail marededireitos@redesdamare.org.br.

 

O objetivo desse levantamento é relacionar as demandas das unidades de saúde da região com o propósito de contribuir para a melhoria das condições de atendimento e, também, subsidiar o planejamento de medidas de prevenção e controle da pandemia no território. A partir dos dados coletados nesses atendimentos e na observação em campo, a Redes da Maré está produzindo relatórios, como o Boletim semanal "De olho no Corona!", lançado às quintas-feiras, desde 07 de maio, para poder dialogar com o Poder Público e encontrar soluções coletivas de enfrentamento das dificuldades vivenciadas no momento pela população da Maré.

 

   

   
   
   
   
   
    
    

 


Nesse primeiro mês, este canal recebeu, majoritariamente, dúvidas sobre: acesso a serviços públicos, medicamentos e equipamentos de proteção individual; auxílio emergencial do governo federal; segurança alimentar; gratuidade de sepultamento; sintomas, suspeitas e/ou confirmação por Coronavírus.

 

Fique por dentro das ações da Redes da Maré! Assine nossa newsletter!