PROJETO

O projeto Construindo Pontes - Building the Barricades, uma parceria da Redes da Maré com a People's Palace Projects, é uma pesquisa internacional que busca investigar o impacto de conflitos armados e violência urbana sobre a saúde mental e o bem-estar dos 140 mil moradores das 16 favelas que formam o conjunto da Maré.

 

 

Focado em três áreas centrais: saúde, ciências sociais e cultura, o estudo parte de 1.400 entrevistas presenciais quantitativas com residentes da Maré e usuários da cena de uso de drogas na região, além de entrevistas qualitativas e conversas em grupo mediadas pelos pesquisadores. Também foram mapeados os serviços de saúde, apoio social, atividades e centros culturais que beneficiam e impactam o bem-estar dos moradores da Maré.

A pesquisa Construindo Pontes - Building the Barricades é uma realização da Redes da Maré, People’s Palace Projects, Queen Mary University of London, Departamentos de Serviço Social e Psiquiatria da UFRJ e NECCULT. O projeto é financiado pelo Economic and Social Research Council e Arts and Humanities Research Council do Reino Unido, através do Fundo de Pesquisa Global Challenges e Art Council England.

 

 

Conheça a Pesquisa Completa











Rema Maré - 1ª Semana de Saúde Mental da Maré

Como vai a saúde mental dos moradores de favelas? Quais os efeitos dos conflitos armados, tão frequentes nestas comunidades, sobre seu equilíbrio e sua saúde física? E quais os recursos e estratégias que ajudam essas pessoas a cuidar da sua segurança e do seu bem-estar? Essas foram algumas das indagações que guiaram a pesquisa Construindo Pontes realizada nas 16 favelas que formam o Complexo da Maré, no Rio de Janeiro.

SAIBA MAIS SOBRE O REMA MARÉ AQUI!



Estudo pioneiro mostra que pessoas em situações de violência são mais vulneráveis ao sofrimento mental. Estresse pós-traumático, ansiedade, depressão e tentativas de suicídio são alguns dos transtornos frequentes. A pesquisa Construindo Pontes, liderada pela organização inglesa People’s Palace Projects e pela Redes da Maré, foi realizada entre 2018 e 2020 com 1.411 moradores acima de 18 anos e tem como desdobramento a 1ª Semana de Saúde Mental da Maré, a Rema Maré, que vai acontecer entre os dias 23 e 28 de agosto e conta com diversas atividades culturais, debates e intervenções nas diferentes favelas que compõem a Maré.


Boletim (clique para ver o PDF) 
Guia (clique para ver o PDF)

 

 

VEJA PROGRAMAÇÃO COMPLETA       VEJA O PRESS RELEASE

 

WEBINAR DE LANÇAMENTO DA PESQUISA


A Redes da Maré, em parceria com a People's Palace Projects, vai realizar, na próxima segunda, 23 de agostoàs 17h, um webinar de lançamento dos dados da pesquisa inédita “Construindo Pontes”, sobre os impactos da violência armada sobre a saúde mental dos moradores do maior conjunto de favelas do Rio de Janeiro, a Maré. 

O evento, online e gratuito, contará com uma mesa de participantes envolvidos no estudo e vai apresentar os efeitos da violência armada sobre a mente e o corpo dos indivíduos que vivem em favelas e como essas pessoas cuidam do seu bem-estar e lidam com os riscos de um cotidiano violento.

Na mesa estarão Eliana Sousa Silva (Redes da Maré), Paul Heritage (Queen Mary University of London/People's Palace Projects), Miriam Krenzinger (Dir. da Escola de Serviço Social- UFRJ), Marcelo Santos Cruz (Instituto de Psiquiatria - UFRJ), Leandro Valiati (UFRGS), Luiz Eduardo Soares (antropólogo, autor e consultor) e Eduardo Ribeiro (consultor dados e estatísticas- UERJ), com mediação da jornalista Anabela Paiva. Eles irão responder às perguntas do público ao vivo. 



Quando?

23/08/2021, SEGUNDA-FEIRA, 17h

TEMA: Os caminhos, os resultados e algumas reflexões sobre a pesquisa o Impacto da Violência Armada na saúde mental dos Moradores da Maré.

27/08/2021, SEXTA-FEIRA, 17h

TEMA: Violência Armada e Saúde Mental

Onde?

Online (Zoom)

Como participar?

INSCRIÇÃO AQUI

Sobre a pesquisa

 


Além de um perfil da população, com dados sobre cor, educação, ocupação, renda, hábitos culturais e religião, a pesquisa Construindo Pontes traz informações sobre a exposição dos moradores a situações violentas; quais situações lhes provocam medo; suas percepções a respeito da própria saúde física e mental; hábitos de consumo cultural e padrões de uso de drogas legais e ilegais.

 

PERFIL DOS MORADORES






O projeto, desenvolvido ao longo de quase três anos, reuniu pesquisadores de várias áreas – ciências sociais, saúde, economia e cultura – da UFRJ, UFRGS e da People’s Palace Projects com a Universidade de Queen Mary em Londres e se desdobra em quatro publicações que tratam do tema, a partir de abordagens diversas, além de um boletim e infográficos da pesquisa. O antropólogo Luís Eduardo Soares assina um livro de narrativas sobre estudo.


VIOLÊNCIA ARMADA



A pesquisa quantitativa entrevistou 1.211 moradores em domicílios escolhidos aleatoriamente, com relatos e percepções colhidos em entrevistas e grupos focais. Já a fase qualitativa adotou várias abordagens. Foram realizadas 20 entrevistas em profundidade com moradores; sete entrevistas comprofissionais; e três grupos focais, que reuniram jovens artistas e participantes de projetos artísticos, profissionais da Rede de Apoio às Mulheres da Maré e as próprias entrevistadoras que aplicaram os questionários de casa a casa. A pesquisa também entrevistou 200 usuários de crack, álcool e outras drogas que frequentam a Maré e, em outra frente de trabalho, realizou projetos criativos com jovens artistas da Maré.


MEDOS MAIS FREQUENTES




VEJA O BOLETIM EM PDF



Peça sonora-podcast

 

Durante a pandemia, seis jovens poetas da Maré e de favelas vizinhas participaram de oficinas de poesia conduzidas remotamente pelo diretor artístico da organização inglesa People’s Palace Projects, Paul Heritage, parceira da Redes da Maré, e pela diretora de teatro do País de Gales, Catherine Paskell.

 

 


O trabalho resultou na produção colaborativa de Becos, uma peça sonora em quatro atos disponível em todas as plataformas de podcast. Uma história de encontros, oportunidades, violência, racismo e injustiça que acontece na Maré. Mas além do tom de denúncia, seus versos lúdicos e poéticos também expõem a resiliência e o espírito comunitário da favela.

Aprecie a peça sonora em quatro atos!



VEJA TODOS NO SOUNDCLOUD

 

 
 

SATÉLITE :: Música

O músico e compositor Rafael Rocha, que assinou a trilha sonora de Becos e trabalha com artistas como Adriana Calcanhoto e Gilberto Gil, produziu um álbum inspirado pelo processo criativo dos workshops realizados com os jovens poetas criadores de Becos. O disco “Satélite” traz 11 faixas que refletem os sons, poemas e textos criados coletivamente pelos artistas.

 

 

OUÇA TODAS AS FAIXAS AQUI!      OUÇA NO SOUNDCLOUD

 

A MARÉ DE CASA :: Fotografia

Além da peça sonora, um desafio de fotografia foi lançado pela artista visual Tatiana Altberg e a pesquisadora Raquel Tamaio. O ensaio A Maré de Casa, abalho adaptado para refletir a realidade da quarentena na Maré, reuniu fotos e textos de moradores que retrataram o que viram de suas janelas de casa durante três meses da pandemia, além de diários produzidos por 6 jovens fotógrafos.

 

ACESSE O SITE :: A MARÉ DE CASA

 

EQUIPE

 

Realizadores da Pesquisa Construindo Pontes

Redes de Desenvolvimento da Maré
People’s Palace Projects, Queen Mary University of London
People’s Palace Projects do Brasil
Escola de Serviço Social e Instituto de Psiquiatria, Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)
Núcleo de Estudos em Economia da Cultura (NECCULT), Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS)

Investigador Principal

Paul Heritage (PPP/QMUL)

Consultora Geral

Eliana Sousa Silva (Redes da Maré)

Co-Investigadores

Stefan Priebe - Diretor da Unidade de Psiquiatria Social e Comunitária, Centro colaborativo com a Organização Mundial de Saúde para Desenvolvimento em Saúde Mental, QMUL
Miriam Krenzinger - Diretora da Escola de Serviço Social da UFRJ
Marcelo Santos Cruz - Instituto de Psiquiatria (IPUB) da UFRJ
Leandro Valiati – NECCULT UFRGS

Equipe Redes da Maré

Maira Gabriel - assistente de pesquisa e coordenadora geral de campo
Rodrigo Bodão - assistente de pesquisa
Luna Arouca - assistente de pesquisa (Espaço Normal)
Dalcio Marinho - gerente de estatísticas
Bianca Cambiaghi - assistente de estatísticas
Elza Sousa Silva – assistente de pesquisa e pesquisadora de campo
Maykon Sardinha – mobilizador territorial

Pesquisadoras de campo

Jordana Faria
Isabele dos Anjos
Viviane Linhares
Maria Daiana

Equipe People’s Palace Projects

Renata Peppl - gerente geral do projeto
Brenno Erick - coordenador de projeto
Raquel Roldanus Dias e Rafael Braga: administração financeira PPP do Brasil
Fabiana Comparato - coordenadora editorial
Yula Rocha - gerente de comunicação

Equipe de Pesquisa - Ciências Sociais
(coordenadora: Miriam Krenzinger)

Giselle Moraes - assistente de pesquisa e pesquisadora de campo
Nathália Guindani - assistente de pesquisa
Luiz Eduardo Soares - consultor e autor
Eduardo Ribeiro – Consultor, dados e estatísticas

Equipe de Pesquisa - Saúde
(coordenador: Marcelo Santos Cruz)

Ana Carolina Mathias - assistente de pesquisa
Taís Vernaglia - assistente de pesquisa
Maurício Letta - assistente de pesquisa

Equipe de Pesquisa - Cultura
(coordenador: Leandro Valiati)

Bruna Cataldo - assistente de pesquisa
Luísa Iachan - assistente de pesquisa

Equipe - Becos

Catherine Paskell – co-diretora/co-dramaturga
Thaís Ayomide - artista
Thainá Iná - artista
MC Martina - artista
Rodrigo Souza (Maré) - artista
Matheus Araújo - artista
Jonathan Panta - artista
Rafael Rocha - diretor musical Eduardo Campello - editor

Equipe - Maré de Casa

Tatiana Altberg - artista visual e idealizadora do projeto Maré de Casa
Raquel Tamoio - produtora e artista visual
Fagner Franca - fotógrafo
Larissa Paiva - fotógrafa
Jonas Willamey - fotógrafo
Jailton Nunes - fotógrafo
Christine Jones - fotográfa
Juliana de Oliveira - fotógrafa

Financiamento

Economic and Social Research Council (ESRC) e Arts and Humanities Research Council (AHRC) através do Global Challenges Research Fund (GCRF). Todo o trabalho realizado pela People's Palace Project é apoiado pela Queen Mary University of London e Arts Council England.

#becosmaré #becospodcast #redesdamare #ppp #favela #arte #periferia #poesia #mare

Fotos Construindo Pontes

PROJETOS RELACIONADOS

Fique por dentro das ações da Redes da Maré! Assine nossa newsletter!